Gustavo Blanco tem a faixa da Seleção CCF na 11ª rodada

08/06/2018 - 13:49

Voltei, parceiros! Difícil, hein? Que rodada complicada foi essa última, estou até agora tentando entender como o Andrey do Vasco acertou aquele chute...

A rodada foi complicada e a pontuação da seleção não foi boa, ficando abaixo da média Nacional. Porém, depois de duas rodadas consecutivas passando dos 100 pontos, acho que a equipe ainda tem crédito.

Não há tempo para conversar, já que a 11ª rodada começa amanhã. Então vamos direto à escalação da 11ª rodada:

Jailson volta para o gol da Seleção, já que conseguiu ir muito bem na última partida e, apesar de jogar fora de casa nessa rodada, deve segurar o saldo e fazer algumas defesas. Será que agora vai, Jailson?

Kannemann e Léo Duarte são os zagueiros. O primeiro é grande unanimidade e não dá para deixa-lo de fora depois de ter feito mais de 10 pontos sem saldo de gol na última rodada. Léo Duarte é a opção mais segura da zaga do Flamengo que enfrenta o fraco visitante Paraná. Vamos torcer para ninguém do time paranaense acertar um chute no ângulo, amém!

Estamos bem servidos nas laterais com Rodinei e Yago Pikcahu. O primeiro entra pelo favoritismo do Flamengo diante de seu adversário. Optei por ele não pelo Renê porque o escolhido, nas duas últimas rodadas, tem pontuado mais. O outro lado é Yago Pikachu, um dos únicos jogadores confiáveis do Vasco para escalar no Cartola FC.

Meio-campo arroz com feijão: Zé Rafael, Gustavo Blanco e Diego. Zé Rafael pontuou muito bem na última rodada e deve manter a boa pontuação nessa rodada também quando joga em casa contra o destemido Botafogo. Gustavo Blanco tem pouco desvio de média e, como sua média é alta, suas pontuações são altas em praticamente todas as rodadas. Pela regularidade, fator campo e versatilidade, será o capitão. Fecho com Diego que voltou a jogar bem e, na ausência de Lucas Paquetá, deve reger o Flamengo no Maracanã.

Róger Guedes, Vinicius Junior e Éverton formam o ataque. O primeiro é artilheiro da competição e deve marcar contra o Fluminense, já que o time carioca não vem fazendo boas atuações nos últimos dois jogos. Vinicius Junior não deve tomar conhecimento da zaga do Paraná e, assim como Guedes, pode balançar as redes. Finalizo com Éverton, jogador que não vem de boas pontuações, mas jogando em casa diante do fraco visitante América-MG isso pode mudar.

Renato Gaúcho é o técnico da seleção, pois o Grêmio deve conseguir o saldo de gol e marcar, no mínimo, dois gols.

CCFnas redes sociais