Internacional perde jogo treino para o Tubarão/SC

24/01/2017 - 19:41

Inter perde para o Tubarão em último jogo-treino antes de estreia no Gauchão

Time de Antônio Carlos Zago levou 2 a 1 nesta terça-feira, em Viamão

Por Bruno Langendorf

  

Inter de Dourado perdeu para o Tubarão de Rentería no encerramento da pré-temporada no Vila Ventura

Inter de Dourado perdeu para o Tubarão de Rentería no encerramento da pré-temporada no Vila VenturaFoto: Lauro Alves / Agencia RBS

Duas horas de jogo-treino entre Inter e Tubarão-SC, nesta terça-feira, mostraram que há muito a ser ajustado no time de Antônio Carlos Zago antes da estreia no Gauchão. No Vila Ventura, em Viamão, o Colorado fez um jogo de muitos testes e perdeu por 2 a 1 com os catarinenses.

Foram quatro tempos de 30 minutos sob forte calor. O primeiro time do Inter teve a formação que pode ser considerada a titular: Lomba; Ceará, Eduardo, Ernando e Uendel; Dourado, Fernando Bob, Seijas, D'Alessandro e Diego; Roberson. Mas o que se viu foi um time ainda tentando se encontrar após o baque de 2016. Marcado desde a saída de bola pelo Tubarão, o Colorado não conseguiu criar oportunidades. E ainda foi pressionado.

Isolado no ataque, Roberson assistia aos catarinenses chegarem com perigo. Como no primeiro minuto, quando o Tubarão teve um gol anulado por impedimento. Depois, uma jogada de velocidade dos visitantes, pelo lado esquerdo da defesa do Inter – bastante explorada na etapa inicial –, obrigou Dourado a parar Matheus Barbosa com falta: Everton Júnior acertou o travessão.

D'Alessandro mostrava disposição. Pedia a bola e chegou a dar um carrinho no ataque para recuperá-la. Centralizado inicialmente, era acompanhado por Diego, à direita, e Seijas, à esquerda. Mas era apenas o Tubarão que atacava, com Rentería e Paulinho, dupla com passagem por Inter e Grêmio, mais adiantados. Assim, Lomba era o mais testado. E foi graças a ele que o Inter não foi para o primeiro intervalo atrás no marcador, após chute de Rentería.

Pouco antes do segundo tempo, o Inter já era testado com Seijas centralizado. E, sem mudanças, o Inter voltou para a segunda parcial com a mesma formação. Marcando mais à frente, o Inter melhorou. Passou a ser menos atacado e com uma finalização de Seijas, de longe, assustou pela primeira vez. D'Alessandro, numa finalização de primeira, também levou perigo.

Mas era pouco. O Tubarão também chegou ao gol do Inter. Rentería, na sua oportunidade, tentou encobrir Lomba. Parou no goleiro. No pivô do colombiano, Paulinho também teve sua chance, mas demorou a chutar.

A apresentação dos titulares terminou deixando a sensação de que há muito ser ajustado por Zago. O terceiro tempo iniciou com o Inter renovado: Keiller; Klaus, Neris e Artur; Charles, Eduardo Henrique, Ferrareis e Andrigo; Brenner e Nico López. Em ritmo lento, a partida não empolgava. As defesas levavam vantagem. Mas, aos 17 minutos, um rápido contra-ataque surpreendeu o Inter. A bola sobrou para Alex Nemetz, criado na base do Inter, que chutou e fez o gol do time catarinense.

Na tentativa de igualar o marcador, Ferrareis chutou de longe tentando encobrir o goleiro. Sentiu a perna direita e deixou o campo. Aylon foi o substituto. E foi o atacante quem marcou o primeiro gol colorado nos testes da pré-temporada. Após Guilherme Amorim, do Tubarão, acertar o travessão de Daniel, o Inter contra-atacou e Nico López tentou o chute. Na sobra, Aylon mandou para as redes e deixou tudo igual no Vila Ventura.

Pouco antes do fim, no entanto, o Tubarão voltou a marcar. Marcos Vinícius chutou cruzado e venceu Daniel para fazer 2 a 1 para o time de Santa Catarina.

Time 1
Lomba; Ceará, Eduardo, Ernando e Uendel; Dourado, Fernando Bob, Seijas, D'Alessandro e Diego; Roberson.

Time 2
Keiller; Klaus, Neris e Artur; Charles, Eduardo Henrique, Ferrareis (Aylon) e Andrigo; Brenner e Nico López.

Time3
Daniel; Alemão, Paulão, Paulão, Léo Ortiz e Iago; Anselmo, Charles, Andrigo e Nico López; Aylon e Brenner.

CCFnas redes sociais